Notícias

Voltar à listagem

Evento histórico discute Intolerância Religiosa na OAB Criciúma - Notícias

Data: 22/01/2020

 

Líderes de diferentes crenças, filosofias e tradições apresentaram ideias para diminuir a intolerância religiosa 

Na noite do dia 21 de janeiro – Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa – advogados, autoridades e líderes religiosos se uniram na sede da OAB Criciúma para debater o desafio da intolerância religiosa.

O evento organizado pela Comissão de Direito e Liberdade Religiosa teve cerca de 60 participantes, representando uma pluralidade de crenças, filosofias e tradições. 

O Dr. Alexandre Feltrin, vice-prefeito de Siderópolis, abriu o evento falando da importância da iniciativa da OAB em promover a liberdade religiosa. Em seguida, o Dr. Fábio Nascimento, presidente da comissão de direito e liberdade religiosa da OAB Criciúma, proferiu a palestra sobre o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. “Nesta data que relembra um acontecimento triste, devemos dialogar formas de diminuir a intolerância religiosa em nossa região e país”, disse Fábio. O artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos foi apresentado como a principal base legal para a liberdade de religião ou crença.

Na primeira mesa de apresentações sobre como podemos diminuir a intolerância religiosa, Jason Brito Pessoa, representando as religiões de matriz africana, Guilherme de Sá, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o Sheikh Adil Ali Pechliye, do Islã, e o Pastor Lucas Durão, da Igreja Adventista do Sétimo Dia, foram brilhantes em suas falas.

A segunda rodada de apresentações teve o jornalista André Roldão, que é ateu, o Pastor Everson Alessandro Pereira, da Primeira Igreja Batista de Criciúma, a Yalorixá Sarita Cassetari Velho e o budista Mhanoel Mendes.

Algumas das ideias apresentadas foram:

Aprender sobre outras crenças;

Respeitar o livre arbítrio, o direito que todos tem de acreditar ou não acreditar;

Não espalhar informações preconceituosas e/ou falsas sobre outras religiões ou crenças;

Viver de acordo com nossas crenças, respeitando e amando a todos;

Promover a paz através do diálogo;

Visitar uns aos outros em seus templos religiosos, locais de adoração, lares etc, como forma de criar entendimento e laços de amizade;

Ao ver pessoas de outras crenças, devemos sorrir, ser cordiais e bondosos, refletindo o que há de bom em nós e em nossas crenças.


Ao concluir o evento, o Dr. Fábio Nascimento disse que “as portas da OAB estão abertas para todos que sofrerem algum tipo de intolerância ou discriminação, e para os que desejam promover a liberdade de crença”. O Dr. Alexandre Feltrin ressaltou o bom exemplo da OAB Criciúma em ser a primeira subseção em Santa Catarina a criar uma comissão de direito e liberdade religiosa e parabenizou o apoio do Dr. Rafael Búrigo Serafim a essa nobre causa.

 

Todos saíram com o sentimento de fraternidade e união em torno do objetivo comum de defender a liberdade de crença e promover a paz.

               

Texto: OAB Criciúma
Fotos: Laura Lampert

Ápice Comunicação
  • Telefone: 3437.9264

Fotos desta notícias

Voltar à listagem

OAB/SC Subseção de Criciúma

Rua Martinho Lutero nº 20 - Pinheirinho. Criciúma - SC. CEP: 88804-470
Fone/Fax (48) 3437-0241 e (048) 3438-4161
Virtualiza Comunicação